CEP apela à conversão do Coração pela Terra

| 2017-09-01

Dia Mundial oração pela Terra

MA-MudancaClimatica

A Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana emitiu uma breve nota, para este Dia Mundial de Oração pela Terra  dando conta que tal qual nos alerta o Papa Francisco, na sua Encíclica “Laudato Si” “Somos nós os primeiros interessados em deixar um planeta habitável para a humanidade que nos vai suceder”.

E “Num ano de tão grande seca seria desnecessário falar das alterações climáticas porque são evidentes.” A Comissão Episcopal ainda faz referência aos “impactos negativos sobre as populações atingidas pelos incêndios que têm sido enormes: a morte de tantas pessoas, a perda de habitações permanentes, o desaparecimento de postos de trabalho (em zonas onde já não abundam), a morte de animais e a destruição de

pastos…” são motivos mais do que suficientes para “todos termos presentes o impacto psicológico e o desalento que estas situações inevitavelmente comportam”.

A Comissão Episcopal Portuguesa recorda, no mesmo documento, que em

Abril, já tinha publicado a nota Pastoral “Cuidar da casa Comum, prevenir e evitar os incêndios” com a reflexão que os bispos portugueses realizaram sobre esta realidade que todos os anos afeta o país, mas que, este ano, “atingiu proporções esmagadoras”.

A Comissão Episcopal de Pastoral Social e Mobilidade Humana convida, por isso, todas “as comunidades cristãs a dar graças a Deus pela Criação e a pedir ao Criador a conversão do coração daqueles que se consideram donos e senhores do mundo em que vivemos. Que nunca mais sejam esquecidos os milhões de pessoas, nossas irmãs e irmãos que, em tantas zonas do planeta, sofrem de fome, de doenças e de miséria devido à má

distribuição dos bens da Criação que Deus destinou a todos”. 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter