Diocese de Bragança-Miranda associa-se à beatificação da Ir. Rani Maria

| 2017-11-09

Nos dias

Diocese

17 e 18 de novembro A Irmã Rani Maria Vattalil, missionária das Irmãs Clarissas Franciscanas, foi beatificada, a 4 de novembro, na Índia.

A irmã Rani era conhecida pela pregação do Evangelho da caridade e defendia os mais pobres, sobretudo dos poderosos que se apoderavam das suas terras.

A missionária foi assassinada em 1995 por Samundar Sing, um hindu marcado pelo ódio e pela ignorância que Golpeou 54 vezes a serva de Deus e a abandonou na berma da estrada, em Kerala.

Condenado a prisão perpétua e abandonado por todos na prisão, Samundar recebe a visita de Swami Sadanand, o padre construtor de paz.

Sentiu receio, mas onde esperava vingança e violência encontra amor. O perdão é-lhe oferecido através de um rito hindu que ele pode compreender - Raki - e do perdão nasce a paz.

“Apostada na construção da paz e reconhecendo este preciosíssimo testemunho de fé, ao serviço do Evangelho e dos mais pobres, a Diocese de Bragança-Miranda deseja propagar a sua memória e exemplo de vida” lê-se numa nota enviada à Angelus TV.

Nesse sentido, através do Secretariado da Pastoral da Cultura, vai promover a exibição do galardoado filme “The Heart of a Murderer”

(Do perdão nasceu a paz), de Catherine McGilvray.

A primeira sessão está marcada para 17 de novembro, pelas 21h00, no Auditório do Instituto Jean Piaget, em Macedo de Cavaleiros.

No dia 18 de novembro, à mesma hora, o filme será projetado na Igreja dos Santos Mártires, em Bragança. A entrada nas sessões é livre.

No final de cada sessão haverá um debate com a participação da realizadora, de D. José Cordeiro, membros do clero diocesano e da Pastoral da Cultura.

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter