Hoje é dia de São Raimundo Nonato

| 2017-08-31

Patrono e protector das parteiras

São Ramimundo

São Raimundo Nonato é o patrono e protetor das parteiras, precisamente, porque ele nasceu, em 1200, em Portel, na Espanha, de um parto muito difícil. Reza a história que o seu nome significava “Não Nascido” porque a sua mãe faleceu durante o parto.

São Raimundo Nonato viveu, na diocese de Solsona, e passou a infância a trabalhar como pastor e por isso visitava com muita frequência a Eremida de São Nicolau, onde venerava a imagem de Nossa Senhora.

A verdade é que dedicava muitas horas a orar a Nossa Senhora e conta a história que enquanto isso acontecia, um Anjo guardava o rebanho. Desde muito cedo que São Raimundo mostrou a sua vocação para a vida religiosa, mas o seu pai não aceitava tal vocação e tentou, sem êxito, impedir o filho de seguir essa vida de entrega a Deus.

São Raimundo entrou na ordem de Nossa  Senhora das Mercês e recebeu, das mãos, de São Pedro Nolasco, o fundador da Ordem, o hábito, tornando-se um exemplo na missão de resgatar escravos cristãos das mãos dos Mouros.

A História diz-nos que, certo dia, São Raimundo, conseguiu liderar uma missão de libertação de 150 cristãos, mas quando, na Argélia, os recursos para salvar aqueles que corriam o risco de perderem a vida e a Fé, acabaram, o Missionário Raimundo, entregou-se, em seu lugar, e foi preso. 

Na cadeia começou a pregar aos muçulmanos e cristãos, e através do uso da Unção, conseguiu iniciar a conversão em muitos deles. Porém sofreu muito porque chegaram a perfurar-lhe os lábios com um ferro quente e depois fechavam-nos com um cadeado. São Raimundo acabou por ser libertado e regressou a Espanha.

Já gravemente doente, acabaria por morrer, em Cardona, no ano de 1240. O seu corpo ficou repousado na mesma ermida de São Nicolau, onde rezava quando era um garoto pastor. 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter