Papa condena massacre na Nigéria

| 2017-08-09

Massacre contra cristãos

O Papa Francisco, na audiência geral da quarta feira, disse ter ficado “entristecido” com o massacre, ocorrido no domingo, numa Igreja da Nigéria, que provocou 13 mortos e dezenas de feridos. O papa também reprova a onda de violência em curso, na República Centro-Africana, contra cristãos. O ataque na Igreja está relacionado com tráfico de droga.

O Santo Padre espera que cessem “todas as formas de ódio e violência” e não se repitam “crimes tão vergonhosos, perpetrados em locais de culto, onde os fiéis se reúnem para rezar”. E pediu aos sete mil fiéis presentes que rezassem uma Avé Maria.

O bispo de Bangassou, na República Centro-Africana (RCA), diz que está em curso no país, uma onda de massacres por parte de milicianos islâmicos. 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter