Com Arte e com Alma na Igreja da Anunciada

| 2017-12-26

Todas as sessões têm entrada livre e começam às 21h15

Arte Alma Anunciada

A cidade de Setúbal será o palco para a 3ª sessão do ciclo de conferências/conversas “Com Arte e com Alma. Serões com o nosso Património”, a realizar a 9 de janeiro de 2018, pelas 21h15, na Igreja de Nossa Senhora da Anunciada, em Setúbal.

Esta iniciativa, organizada pela Comissão Diocesana de Arte Sacra de Setúbal, contará com a realização de duas conferências que abordarão temas distintos relacionados com a história e o património da cidade episcopal.

A primeira comunicação da noite intitula-se “A Igreja de Nossa Senhora da Anunciada através dos tempos: Do século XIII à atualidade”, sendo proferida por Maria João Cândido, arqueóloga e coordenadora do Sector de Património e Arqueologia da Câmara Municipal de Setúbal. A oradora abordará brevemente a evolução histórica da igreja de Nossa Senhora da Anunciada, desde o seu original e primitivo templo, com origens no século XIII, até ao atual edifício da igreja paroquial.

Num segundo momento, André das Neves Afonso, assistente das coleções de Ourivesaria e Joalharia do Museu Nacional de Arte Antiga e colaborador da Comissão Diocesana de Arte Sacra de Setúbal, realizará a comunicação “A Arte da Prata e a Eucaristia. A Custódia setecentista da igreja de São Sebastião de Setúbal”. Partindo da evolução estilística e tipológica das custódias (alfaia litúrgica destinada à exposição do Santíssimo Sacramento) e da sua ligação ao desenvolvimento do culto eucarístico, este investigador analisará uma custódia do século XVIII pertencente à igreja de São Sebastião de Setúbal, situando-a no contexto da ourivesaria portuguesa da época e das diversas influências que marcaram este ciclo artístico e produtivo.

Serão, assim, duas conferências em torno de diferentes temas relacionados com a história e património de duas paróquias setubalenses: Anunciada e São Sebastião. Duas paróquias que, para além de outros aspetos comuns, partilham a data de 1553 como o ano das suas fundações.

O projeto “Com Arte e Com Alma” teve início em novembro de 2017 e decorrerá até maio de 2018 prevendo a realização de conferências/conversas, em sete Igrejas da Diocese de Setúbal.

Em cada sessão será abordada uma determinada obra de arte presente na Igreja que acolherá a conferência, bem como serão discutidos aspetos relacionados com o historial do respetivo edifício. Reunindo os contributos de diversos investigadores, pretende-se que, num ambiente informal e pedagógico, as comunidades paroquiais e todos e quaisquer interessados possam melhor conhecer e valorizar determinados bens culturais de valor excecional presentes no território diocesano. Todas as sessões, de entrada livre, terão início às 21h15.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter