D. António Taipa assume Diocese do Porto

| 2017-09-12

D. António Taipa, de 74 anos, é bispo auxiliar do Porto desde 18 de abril de 1999.

D. António Bessa Taipa (Foto: diocese do Porto)

D. António Bessa Taipa, bispo auxiliar do Porto, vai assumir funções de administrador diocesano, após a morte de D. António Francisco dos Santos.

A decisão foi tomada pelo Colégio de Consultores da Diocese do Porto, tendo em vista o governo interino desta Igreja local, até à nomeação de um novo bispo por parte do Papa.

Em declarações aos jornalistas, o prelado fala numa nova "responsabilidade" que tem uma natureza "breve". "O meu governo será um governo de gestão", observa, sublinhando que não há "prazos" para a nomeação de um novo bispo do Porto.

D. António Taipa, de 74 anos, é bispo auxiliar do Porto desde 18 de abril de 1999.

D. António Francisco dos Santos faleceu NA SEGUNDA FEIRA DE MANHÃ aos 69 anos, na Casa Episcopal da Diocese do Porto, que anunciou a morte, em comunicado oficial.

O corpo do bispo do Porto está em câmara ardente NA CATEDRAL DO PORTO E as exéquias solenes celebram-se no dia 13 de setembro, às 15h00, também na Catedral do Porto.

O administrador diocesano convida os fiéis do Porto a viver este momento "abraçados pela fé" que os anima.

A Diocese do Porto tem ainda com bispos auxiliares D. Pio Alves de Sousa e D. António Augusto Azevedo.

D. António Maria Bessa Taipa é natural de Freamunde, Concelho de Paços de Ferreira (Diocese do Porto), onde nasceu a 11 de novembro de 1942; foi ordenado sacerdote a 15 de agosto de 1966.

Licenciado em Teologia Dogmática e em Sagrada Escritura, com estudos feitos em Roma, o bispo auxiliar tem dedicado a maior parte da sua vida à Diocese do Porto, primeiro como prefeito e professor do Seminário Maior e do Instituto de Ciências Humanas e Teológicas.

Depois como docente da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, Centro Regional do Porto, reitor do Seminário Maior do Porto e vigário-geral da diocese, entre outros cargos.

Em 1999, foi nomeado por São João Paulo II como bispo auxiliar da Diocese do Porto, missão que tem desempenhado até hoje.

(Notícia Agência Ecclesia) 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter