Fundação SPES homenageia D. Manuel Martins

| 2018-01-03

O programa aponta como conferencistas o General Ramalho Eanes, o Bispo D. Carlos Azevedo e D. António Taipa.

D. Manuel Martins

No dia 20 de janeiro terá lugar, pelas 15h00, uma homenagem a D. Manuel Martins, primeiro bispo de Setúbal, no Auditório Paroquial de Cedofeita, no Porto, numa iniciativa da Fundação SPES, do qual o falecido bispo foi administrador.

Silva Peneda, ex-ministro do emprego e segurança social; o Padre José Aires Lobato, vigário geral de Setúbal e José Morgado, operário metalúrgico em Setúbal são algumas das pessoas que vão marcar presença.

O programa aponta como conferencistas o General Ramalho Eanes, o Bispo D. Carlos Azevedo e D. António Taipa.

Uma homenagem que terminará com o lançamento do Livro “Nascemos Livres” da Autoria de D. Manuel Martins.

O primeiro bispo de Setúbal nasceu a 20 de janeiro de 1927, em Leça do Balio, concelho de Matosinhos e foi ordenado sacerdote em 1951, após a formação nos seminários do Porto, seguindo-se a frequência do curso de Direito Canónico na Universidade Gregoriana, em Roma.

Pároco da Cedofeita, no Porto, entre 1960 e 1969, D. Manuel Martins foi nomeado vigário-geral da diocese nortenha em 1969, antes de seguir para Setúbal.

No dia 23 de abril de 1998, o Papa João Paulo II aceitou o seu pedido de resignação ao cargo.

(Com Agência Ecclesia) 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter