Imagem da Virgem Peregrina de Fátima na Coreia do Sul

| 2017-08-01

A visita peregrina decorrerá entre 22 de agosto e 13 de outubro.

Imagem Peregrina na Coreia do Sul

A Imagem da Virgem Peregrina de Fátima vai viajar para a Coreia do Sul e por lá ficará cerca de dois meses, numa iniciativa do Apostolado Mundial de Fátima na Coreia e da Igreja Católica.

Segundo informação divulgada, no site do Santuário de Fátima, a Imagem percorrerá 12 dioceses do país. A visita peregrina decorrerá entre 22 de agosto e 13 de outubro.

Os responsáveis pela organização da peregrinação, em carta dirigida ao Santuário de Fátima, justificam, este pedido, com o facto de “A península coreana precisa da intercessão e do cuidado maternal da Santíssima Virgem Mãe de Deus. O país foi dedicado a Nossa Senhora em 1841, quando a Santíssima Virgem Maria da Imaculada Conceição se tornou padroeira” desta zona do globo.

Dando ainda conta que os sul coreanos acreditam também na “força da intercessão da Virgem” no processo de independência e reforçam que “não se trata de uma simples coincidência o facto do dia 15 de agosto, a Festa da Assunção, ter sido o dia em que a República da Coreia foi libertada da colonização japonesa”.

Nesse sentido, e em homenagem, ao Centenário das Aparições de Nossa Senhora de Fátima, o Apostolado Mundial de Fátima na Coreia pensou nesta visita peregrina “na esperança de outro milagre para o país”. Isto porque acreditam que “Nossa Senhora de Fátima dará a verdadeira paz à península coreana e levará o amor de Deus aos corações das pessoas pela sua presença neste momento difícil para o país”, acrescenta o Apostolado Mundial de Fátima na Coreia do Sul.

Na mesma carta, os responsáveis adiantam que “Crendo que Nossa Senhora do Rosário de Fátima trará paz, esperamos que a chegada da Imagem da Virgem Peregrina ofereça a presença poderosa de Deus e o cuidado maternal de Nossa Senhora ao país e ao povo que sofre” por questões de política interna e também externa, problemas e tensões que, de resto, se têm intensificado nos últimos meses desde que há uma nova liderança na vizinha Coreia do Norte.

Uma missa e uma novena no Santuário da Paz de Fátima, localizado junto da fronteira entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul são as primeiras cerimónias em que a Imagem participará. De seguida visitará as 12 divisões diocesanas do Apostolado Mundial de Fátima.

Uma viagem acompanhada em permanência por um sacerdote, dois voluntários e duas religiosas da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria. Também está previsto que a Imagem participe no Festival para o Centenário da Aparição de Nossa Senhora de Fátima" em Busan, na sede do Apostolado.

Antes do evento final a 13 de outubro, haverá vários eventos ao longo de treze dias para comemorar o facto de que as Aparições de Nossa Senhora de Fátima aconteceram no 13º dia de cada mês de maio a outubro de 1917, explicita ainda a organização.

A Imagem da Virgem Peregrina de Fátima já esteve na Coreia do Sul em 1978, aquando da peregrinação à volta do Mundo.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter