O “Cristão é um missionário de Esperança” diz o Papa

| 2017-10-04

“O verdadeiro cristão não é lamuriento, nem mal-humorado, mas irradia esperança com o seu modo de acolher, sorrir e amar”

Papa Francisco

O Papa Francisco, na sua audiência geral da quarta feira, referiu que “O Cristão é um missionário da Esperança e não o é por mérito próprio, mas Graças a Jesus” que lembra o Papa é um “grão de trigo que, caído em terra, morreu para dar muito fruto”.

De seguida Francisco frisou que Jesus “Não é um arauto ou um profeta de desgraças, como se tudo tivesse terminado no calvário ou na sepultura. O essencial do seu anúncio é ele próprio, Jesus, que Se entregou à morte pelos nossos pecados e que Deus ressuscitou na manhã de Páscoa”.

O Santo Padre ainda recordou como ficaram os apóstolos, após a morte de Jesus, “Mas Jesus ressuscitou. E este facto inesperado transformou a mente e o coração dos discípulos, uma transformação que ficará completa quando receberam a força do Espírito Santo no dia de Pentecostes”, recorda o Papa.

Por isso, o Santo Padre avisa que a “tarefa dos cristãos neste mundo é abrir espaços de salvação, como se fossem células de regeneração capazes de voltar a fazer correr seiva vital onde tudo parecia morto e perdido para sempre”.

Portanto, “O verdadeiro cristão não é lamuriento, nem mal-humorado, mas irradia esperança com o seu modo de acolher, sorrir e amar”.

“A força da ressurreição irrompeu nele, convencendo-o de que nenhum mal é infinito, nenhuma noite é sem fim, nenhum homem é caso definitivamente perdido, nenhum ódio é invencível pelo amor” referiu Francisco.

Por fim o Papa saudou os peregrinos de língua portuguesa fazendo uma menção especial dos fiéis da paróquia Ressurreição do Senhor, de Jardim, que foram movidos pelo desejo de afirmar e consolidar a sua fé e adesão a Cristo: “o Senhor vos encha de alegria e o Espírito Santo ilumine as decisões da vossa vida, para realizardes fielmente a vontade do Pai celeste a vosso respeito. Rezai por mim. Não vos faltará a minha oração e a Bênção de Deus”.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter