Operação Odeta aplica 255 contraordenações

| 2018-02-07

A operação foi realizada a nível nacional, na área de responsabilidade da PSP e contou com o envolvimento de perto de 1000 polícias.

Operação Odeta

A PSP esteve a desenvolver a Operação Odeta de 29 de janeiro a 4 de fevereiro e realizou 1763 ações de sensibilização e de fiscalização no âmbito da segurança dos animais de companhia, sendo que 1.577 foram realizadas junto de detentores de Cães Perigosos e Potencialmente Perigosos (CPPP) e cinco fiscalizações ocorreram junto de treinadores deste tipo de cão.

No âmbito das ações desenvolvidas, foram verificadas 255 contraordenações, das quais 59 por falta de registo do animal de companhia, 29 por falta de vacinação, 12 por condução de cão/gato sem trela, 10 por condução de CPPP sem trela e seis por condução de cães perigosos sem açaimo.

A Operação Odeta teve por objetivo sensibilizar os detentores de animais de companhia para as principais regras de segurança, com especial destaque para os detentores e para os treinadores deste tipo de cães.

A operação foi realizada a nível nacional, na área de responsabilidade da PSP e contou com o envolvimento de perto de 1000 polícias.

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter