Papa alerta para “escravidões” modernas

| 2017-09-19

Em todo o mundo 152 milhões de crianças são obrigadas a trabalhar.

Papa Francisco

O Papa Francisco enviou uma mensagem, na abertura da 72ª Assembleia-Geral da ONU a decorrer em Nova Iorque, nos Estados Unidos, e alertou para as “escravidões” modernas.

Francisco usou a sua conta da rede social Twitter para escrever: “Trabalhemos juntos para encontrar soluções concretas para os pobres, refugiados, vítimas das modernas escravidões e para promover a paz”.

Na abertura dos trabalhos foi divulgado um estudo da Organização das Nações Unidas e da Organização Internacional do Trabalho que aponta o facto de que, atualmente, em todo o mundo, 40 milhões de pessoas são vítimas de formas de escravatura e 152 milhões de crianças são obrigadas a trabalhar. 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter