Papa discursa na sede da FAO

| 2017-10-16

O Encontro conta com a presença dos ministros da Agriculura dos países do G7.

Papa Discursa na FAO (Foto: FAO)

Neste Dia Mundial da Alimentação o Papa Francisco visita a sede da FAO, em Roma. O tema em destaque é “Mudar o futuro da migração”.

O Papa inaugurou uma estátua que recorda a criança síria que foi encontrada morta no areal de uma praia da Turquia.

Normalmente o Papa Francisco envia uma mensagem, mas, este ano, o Papa decidiu participar pessoalmente e apelar à comunidade para que mude o futuro das migrações.

O Encontro conta com a presença dos ministros da Agriculura dos países do G7.

O Santo Padre já tinha alertado, em julho, para a “inércia” e para o “egoísmo” da comunidade internacional perante as causas que provocam a fome de milhões de pessoas.

Na mensagem que enviou aos participantes da 40ª Assembleia Geral da FAO o Papa dizia que “As guerras, o terrorismo, as deslocações forçadas de pessoas que cada vez mais impedem - ou pelo menos condicionam fortemente as atividades de cooperação - não são fruto de fatalidades, mas antes consequência de decisões concretas”.

Com o objetivo de apoiar as famílias rurais que vivem nas áreas afetadas pelos conflitos e pela seca, a Santa Sé, associou-se ao programa da FAO para fornecer sementes a estas famílias.   

Neste Dia Mundial da Alimentação Francisco recordou “os 800 milhões de pessoas que ainda passam fome”.

“Enquanto se fala de novos direitos, o faminto está aí, na esquina da rua, e pede o reconhecimento da cidadania, ser considerado na sua condição, receber uma alimentação de base saudável. Pede-nos dignidade, não esmola”, sustentou.

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter