Papa diz que a “Igreja não é nossa, é de Deus”

| 2017-09-10

Papa pede para não termos medo da renovação

O Papa Francisco presidiu à Eucaristia, em Medellín e perante mais de 800 mil pessoas deixou uma mensagem de “renovação” da Igreja e da paz. E alertou que “A renovação não nos deve meter medo. A Igreja está sempre em renovação.”. e realçou que “esta renovação implica sacrifício e coragem” e adiantou que na Colômbia há situações que “reclamam dos discípulos o estilo de vida de Jesus”, particularmente o amor traduzido em “atos de não-violência, de reconciliação e de paz”.

O Papa também referiu que hoje é nos “pedido que cresçamos em ousadia, numa coragem evangélica que brota de saber que são muitos os que têm fome, fome de Deus, fome de dignidade, porque dela foram despojados”. Por isso realçou que “não devem ser os cristãos que levam a placa de passagem proibida ou que procuram dificultar e proibir o encontro com Deus”.

O Santo Padre ainda alertou: “A Igreja não é nossa, é de Deus; Ele é o dono do templo e da seara; todos têm um lugar, todos são convidados a encontrar, aqui e entre nós, o seu alimento”.

A intervenção evocou o exemplo de São Pedro Claver, missionário jesuíta espanhol que morreu na cidade colombiana Cartagena, em 1654, aos 73 anos de idade.

O religioso trabalhou na Colômbia durante 34 anos, particularmente ao serviço dos escravos vindos de África, sem “permanecer indiferente perante o sofrimento dos mais desamparados e ultrajados”, assinalou Francisco.

(Com Agência Ecclesia)

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter