Papa Francisco diz que a Peregrinação a Fátima “superou todas as expetativas”

| 2017-09-30

Bispo de Leiria-Fátima recebido este sábado pelo Papa no Vaticano

D. António Marto recebido pelo Papa Francisco

O bispo de Leiria-Fátima foi recebido esta manhã pelo Papa Francisco, no Vaticano, num ambiente “muito afetuoso e bem-disposto”.

Em declarações à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima no final da audiência, D. António Marto informou que o Santo Padre o recebeu com um grande abraço lembrando-lhe uma frase que já lhe havia dito na Base Aérea de Monte Real: “sempre conseguiste levar-me a Fátima”.

“O encontro com o Santo Padre decorreu num ambiente muito afetuoso e o Papa estava muito bem-disposto, satisfeito e feliz” destacou o bispo D. António Marto.

“A primeira coisa que fiz foi agradecer-lhe a visita e contar-lhe os ecos nacionais e internacionais que a peregrinação teve ao que ele me respondeu que também ficou muito contente e que a peregrinação tinha superado as suas próprias expetativas deixando-o surpreendido”, acrescentou ainda D. António Marto.

“Ele disse que ficou muito satisfeito e veio muito contente de Fátima e que a peregrinação foi uma bênção para a Igreja”, referiu ainda.

Durante a audiência de 15 minutos na qual participaram também os reitor e vice-reitor do Santuário de Fátima, Pe. Carlos Cabecinhas e Pe. Vitor Coutinho, respetivamente, bem como a ex. postuladora da Causa de Canonização dos Santos Francisco e Jacinta Marto, Ir. Ângela Coelho, o tema da canonização também foi abordado.

Segundo D. António Marto o papa Francisco referiu-se à canonização como um momento “muito importante” sobretudo pela referência que constitui para “as pessoas que procuram a inocência num mundo tão perturbado”, para além de ser uma oportunidade para a “valorização da infância tantas vezes desrespeitada”.

O Santo Padre abordou, ainda, o futuro do Santuário insistindo na ideia de que o Santuário deve ser um “espaço de misericórdia”, ideia que deve estar muito “presente no sacramento da reconciliação”, destacou ainda D. António Marto.

De resto, o Papa Francisco ofereceu a todos os elementos do grupo o seu livro “O nome de Deus é Misericórdia”, autografado.

No final da audiência o Santo Padre enviou uma mensagem para todos os peregrinos de Fátima: “Ele pediu-me para dizer aos peregrinos a memória grata com que ficou da peregrinação a Fátima e que envia uma bênção especial para todos os peregrinos do Santuário”.

D. António Marto encontrou-se com Francisco na manhã deste sábado, durante o período de audiências que o Papa realizou.

Após ter recebido um cardeal, quatro bispos, entre os quais o de Leiria-Fátima, e o embaixador do Uruguai, o Papa Francisco concedeu uma audiência à Associação Nacional Italiana, na Sala Clementina, no Vaticano.

(Centro Comunicação do Santuário de Fátima)

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter