Papa manifesta tristeza por tiroteio em Las Vegas

| 2017-10-03

A mensagem ainda saúda os esforços da polícia e do pessoal de emergência, rezando pelos mortos e feridos.

Tiroteio Las vegas

O Papa Francisco não ficou indiferente ao massacre em Las Vegas e enviou uma mensagem manifestando a sua tristeza e solidariedade para com as vitimas do tiroteio na cidade norte-americano de Las Vegas, durante um concerto no Route 91 Harvest Festival que provocou pelo menos 50 mortos.

Na mensagem o Papa manifesta-se “Profundamente entristecido com o tiroteio em Las Vegas, e assegura a sua proximidade espiritual a todos os que são afetados por esta tragédia sem sentido”, refere o texto enviado em nome do Papa através do secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, ao bispo D. Joseph Anthony Pepe.

A mensagem ainda saúda os esforços da polícia e do pessoal de emergência, rezando pelos mortos e feridos.

A Igreja Católica nos Estados Unidos da América também reagiu em comunicado, através do Cardeal Daniel DiNardo, presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA sublinhando “o seu mais profundo pesar” por este tiroteio que é apontado como o “mais mortífero” de que há memória “na história recente do país” e “um ato de terror indiscritível”.

Os bispos afirmam que as suas “preces e corações” estão com as vitimas e deixam o apelo para que este acontecimento “não conduza a uma escalada de mais violência e morte”.

 

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter