Papa reza pelos cristãos perseguidos

| 2017-08-27

Papa não esquece os perseguidos pela Fé

O Papa Francisco lembrou, este domingo, as vitimas das inundações no Bangladesh, Nepal e Índia e, no final, da Oração do Angelus, expressou “a sua proximidade para com o povo e também rezou por todos aqueles que sofrem devido a esta calamidade”.

O Santo Padre também fez referência “à triste notícia da perseguição da minoria religiosa dos irmãos Rohingya” e expressou “a sua proximidade” a todos estes cristãos vitimas de perseguição e “pediu ao Senhor para salvá-los e inspirar mais homens e mulheres com a sua boa vontade e deixa-los protegidos com todos os direitos. E rezou pelos irmãos Rohingya.”

Também saudou de forma particular os membros da Terceira Ordem; os meninos de Tombelle da diocese de Pádua e recordou-lhes que eles devem ser “muito barulhentos porque receberam recentemente a confirmação do Baptismo” e por fim, aludiu ao grupo Lodi Vecchio que viajaram, a pé, até à Praça de S. Pedro, em peregrinação, tendo feito a última parte do percurso pelo caminho francês.

 

 

 

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter