Peditório nacional a 2 de julho nas igrejas

| 2017-06-21

As ofertas revertem a favor das vitimas dos incêndios

mw-1240 (2)

No dia 2 de julho, as dioceses católicas vão promover um peditório, a nível nacional, a favor das vitimas dos incêndios que assolaram o país, anunciou a Conferência Episcopal Portuguesa(CEP).

O Padre Manuel Barbosa, porta-voz da CEP, numa nota divulgada ao início da tarde, refere que “Pedimos a todas as comunidades cristãs, e a quem deseje associar-se, que além de outras iniciativas solidárias dediquem a oração, o sufrágio e o ofertório do primeiro domingo de julho a esta finalidade”.

A verba recolhida será depois enviada para a Cáritas Portuguesa para que possa “ser encaminhado, com brevidade, para aqueles que necessitam”.

Os bispos também manifestam o “seu reconhecimento e apoio aos bombeiros, às organizações de socorro e aos “numerosos” voluntários que estão no terreno e desenvolvem “todos os esforços para salvar vidas, minorar danos e evitar a perda de pessoas e bens”, mesmo à custa de “riscos pessoais”.

Na nota da CEP, os bispos afirmam que acompanham, a dor, preocupação solidária e oração a dramática situação dos incêndios, que provocaram numerosas vítimas e que estão a causar enorme devastação no país”.

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter