Peregrinação Jubilar dos Coros Litúrgicos em Fátima

| 2017-06-16

Às 15h00 tem lugar a estreia da obra Magnificat

O Santuário de Fátima acolhe este sábado, 17 de junho, a Peregrinação Jubilar dos Coros Litúrgicos, marcada pela estreia da obra Magnificat, do compositor Fernando Lapa. Esta peregrinação realiza-se no âmbito da celebração do Centenário das Aparições de Nossa Senhora. Todas as dioceses de Portugal foram convidadas pelo santuário a integrar este momento festivo, e estavam inscritos 161 coros que mobilizam perto de três mil elementos. O programa começa pelas 10 horas na Capelinha das Aparições com a Saudação a Nossa Senhora e a recitação do Rosário. Às 11h00 a Basílica da Santíssima Trindade recebe a Celebração Eucarística. Às 15h00 tem lugar a estreia da obra Magnificat, do compositor Fernando Lapa, autor de vasta obra, desde a música sinfónica à ópera ou concerto, passando pela música coral, de câmara, para teatro e cinema. Dirigiu o Coro Académico da Universidade do Minho durante 16 anos. É professor de Análise e Técnicas de Composição no Conservatório de Música do Porto desde 1984 e de Composição e Orquestração na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo também no Porto. O Magnificat é composto por 8 estrofes, a primeira será cantada por todos os coros, reunidos em assembleia e será utilizada como refrão. Está escrita com quatro vozes. No entanto cada coro interpreta a estrofe de acordo com as suas possibilidades. Podendo ser cantada apenas a uma voz, privilegiando, neste caso, a voz de soprano. As restantes estrofes serão interpretadas pelo Coro do Santuário de Fátima e pela Schola Cantorum Pastorinhos de Fátima. Depois da estreia desta obra será proferida uma conferência de D. José Manuel Cordeiro, presidente da Comissão Episcopal de Liturgia que vai falar sobre o papel do canto e da música na liturgia. As Vésperas encerram a Peregrinação Jubilar dos Coros Litúrgicos.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter