População de Aljustrel evoca quarta Aparição

| 2017-08-19

Nossa Senhora reforça o pedido de Oração

Procissão em Valinhos

A quarta Aparição de Nossa Senhora aos três pastorinhos. Lúcia, Francisco e Jacinta Marto, no dia 19 de Agosto de 1917 foi evocada pelo Santuário de Fátima, nos Valinhos em Aljustrel, na tarde de sábado, com uma visita à Casa-Museu de Aljustrel, por parte do Reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas, seguido de procissão até aos Valinhos e à escultura de Nossa Senhora que se encontra, junto ao local da quarta aparição. 

Nossa Senhora apareceu, as três crianças, num domingo, 19 de agosto, e não a 13 como era habitual, desde maio, porque os pastorinhos tinham sido levados, precisamente a 13 de agosto, pelo Administrador de Ourém, para os interrogar sobre as ditas aparições. As crianças ficaram retidas até dia 15 de agosto, altura em que as trouxeram de volta para casa.
A 19 de agosto quando Lúcia que estava acompanhada por francisco e João, pressentiu que algo iria acontecer e pediu a João que fosse a correr chamar a pequena Jacinta. E assim que a Jacinta chegou ao local Nossa Senhora, apareceu, sobre uma carrasqueira, e pediu-lhes que continuassem a rezar o Rosário e a orar por todos os pecadores.
Por isso, no mesmo local, o Reitor do Santuário, rezou o terço juntamente com os peregrinos que participaram neste momento de oração. A população de Aljustrel associou-se a esta comemoração, vestindo os trajes da época e no final da Oração oferecendo uma flor aos presentes.
Nesta quarta aparição Nossa Senhora reforça o pedido de oração e por isso, em declarações à Angelus TV, o Padre Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário disse que a melhor mensagem a reter desta aparição, quer para adultos, quer para crianças é de facto a Oração.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter