Reitor aponta para “novo capítulo” no santuário

| 2017-10-12

“Fátima foi sempre um fenómeno popular, mas foi sempre um fenómeno transversal”.

Joana Carneiro

O padre Carlos Cabecinhas, Reitor do Santuário de Fátima considera que a o final das celebrações do Centenário das Aparições em Fátima representa o início de um “novo capítulo” na vida do Santuário de Fátima e da história da Cova da Iria.

Na conferência de Imprensa, de apresentação da Peregrinação aniversária de Outubro, o padre Carlos Cabecinhas disse que “A grande mensagem é que não estamos a falar de um final, mas de um começo”, sempre com o objetivo de continuar a viver o “momento de graça” que foi este centenário das Aparições.

Porém, o reitor garante que o santuário será sempre “fiel à sua matriz que é a de procurar chegar a todos os peregrinos”.

Questionado sobre o caminho erudito das propostas culturais do Santuário, o reitor afirmou que “Fátima foi sempre um fenómeno popular, mas foi sempre um fenómeno transversal”. 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter