Rito da canonização no inicio da missa de 13 de maio

| 2017-04-27

Papa Francisco assiste à cerimónia do Adeus

Os beatos Francisco e Jacinta Marto vão ser canonizados a 13 de maio, pelo Papa Francisco, logo no início da Missa que será proferida em português. Porém inclui evocações em várias línguas, no momento da oração universal, aliás como acontece nas peregrinações internacionais. Na página oficial da visita do Papa Francisco é referenciado que na oração em árabe vai rezar-se pelos migrantes, pelos pobres e pelos refugiados “para que por intercessão de Maria, que conhece as suas dores, se sintam acolhidos por todos os que lhes oferecem dignidade e razões de espera”.

O Santo Padre acompanhará o momento da canonização, da cadeira da presidência, após o pedido formulado pelo Bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto e pela Irmã Angela, Postuladora da Causa de Canonização e Beatificação.

Antes de subir ao Altar do Recinto o Santo Padre vai paramentar-se na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, onde estará, em oração, junto dos túmulos de Francisco e Jacinta Marto, a partir das 09h40.

O percurso entre a Casa de Retiros de Nossa Senhora do Carmo, onde ficará o Papa, e a Basílica será percorrido em Papamóvel.

Depois da Missa o Sumo Pontífice assistirá à Procissão do Adeus, desde o Altar do recinto.

Na despedida aos peregrinos o Papa atravessará o Recinto, de Papamóvel, em direção à Casa Nossa Senhora do Carmo onde almoçará com os Bispos de Portugal.

Depois segue de Papamóvel para a Rotunda Norte, onde terá lugar uma pequena cerimónia de despedida, com um momento musical, pela Orquestra de Fátima e do Conservatório de Fátima-Ourém. Terminado este momento o Santo Padre entrará numa viatura fechada que o transportará até Monte Real.

 

 

 

 

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter