Santa Casa inaugura estátua do “Imperador da Língua Portuguesa”

| 2017-06-22

O padre Jesuíta a quem Fernando pessoa chamou "imperador da língua portuguesa

Padre António Vieira

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa inaugura, hoje, pelas 19h00, no Largo Trindade Coelho, em Lisboa a estátua do padre António Vieira também conhecido por “Imperador da Língua Portuguesa”. Uma cerimónia que contará com a presença do Provedor da Santa Casa da Misericórdia, Pedro Santana Lopes, do Cardeal Patriarca de Lisboa, Dom Manuel Clemente e do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.
Uma estátua da autoria de Marco Fidalgo, formado em Escultura pela Faculdade de Belas Artes do Porto. A obra resulta de um concurso público que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) lançou em janeiro de 2016 com o objetivo de homenagear “o missionário jesuíta que tantas vezes pregou na Igreja de São Roque”, adianta a instituição em nota enviada à Angelus TV. A escultura de Marco Fidalgo foi a escolhida entre 16 candidaturas.
A Santa Casa também refere que «o padre Jesuíta a quem Fernando pessoa chamou "imperador da língua portuguesa" é unanimemente considerado uma das mais influentes personagens portuguesas do seu tempo».
O padre António Vieira nasceu a 6 de fevereiro de 1608, em Lisboa e faleceu a 18 de julho de 1697, na Baía, no Brasil. Foi o homem de confiança de D. João V, que o enviou pela Europa com importantes missões diplomáticas.
O padre jesuíta era um “orador privilegiado da Companhia de Jesus e atraía multidões, em Lisboa com os seus sermões, alguns dos quais proferidos na Igreja de São Roque.
Filósofo, escritor e orador português, destacou-se como missionário em terras brasileiras onde foi um ativista na defesa dos índios, dos escravos e da salvação humana. Foi também em São Roque que fez a sua profissão de votos solenes, em 1646.
Pela ligação muito forte da Santa Casa à vida e obra de Padre António Vieira, a Misericórdia de Lisboa foi mecenas da edição da Obra Completa de Padre António Vieira, editada pelo Círculo de Leitores, com um apoio de 500 mil euros.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter