Santuário de Fátima com folheto inclusivo

| 2017-05-05

Missas do centenário vão ser inclusivas

Guião em Braille capa 2 (Foto: Ecclesia)

O Santuário de Fátima é, o primeiro no mundo, a ter um folheto inclusivo, impresso em multiformato e pronto a ser usado por pessoas cegas, com incapacidade intelectual e com baixa literacia. 

Um folheto que estará disponível na visita do papa Francisco a 12 e 13 de maio na Cova da Iria e que foi desenvolvido pelo Centro de Recursos para a Inclusão Digital do Politécnico de Leiria (CRID/IPLeiria).
Também o Itinerário Jubilar inclusivo estará disponível com “duas versões – braille com imagens em relevo, que pode ser lido por pessoas cegas, e em sistema pictográfico para a comunicação (pictogramas), para pessoas com incapacidade intelectual e baixa literacia” adianta em comunicado o Santuário de Fátima.
O projeto resulta de uma parceria entre o CRID/IPLeiria, modelo internacional de boas-práticas na área da inclusão, e o Santuário de Fátima.
Para Pedro Valinho Gomes, diretor do Serviço de Peregrinos, “o acolhimento é palavra-chave na missão do Santuário de Fátima. Sabemos que aqueles que acorrem a Fátima fazem-no com a certeza de que encontram neste lugar uma expressão do colo maternal de Maria. Por isso, o Santuário tem procurado ter uma resposta inclusiva que lhe permita chegar a todos os peregrinos, particularmente àqueles que têm alguma dificuldade no acesso à mensagem e ao espaço do Santuário. A proposta que agora apresentamos, e que resulta da parceria com um centro de excelência como o CRID, vem permitir que, em ano de centenário, o Santuário seja cada vez mais reflexo desse colo maternal onde há lugar para todos”, lê-se no mesmo comunicado.
As missas do Centenário também serão também inclusivas, contando com um intérprete de Língua Gestual Portuguesa, investigador da iACT – Unidade de Investigação Inclusão e Acessibilidade em Ação do Politécnico de Leiria.

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter