Santuário de Fátima manifesta “alegria e regozijo” por reconhecimento das “Virtudes heróicas” do Pe. Formigão

| 2018-04-14

O “apóstolo de Fátima” é a partir de hoje venerável da igreja, ficando aberto o caminho para a beatificação

O Santuário de Fátima recebeu com “grande alegria e regozijo” o reconhecimento por parte do Papa Francisco das “virtudes heróicas” do Cónego Formigão, disse à Sala de Imprensa o reitor Padre Carlos Cabecinhas.

“É com grande alegria e regozijo que vemos este reconhecimento” que, por um lado “revela que o cónego Formigão foi um grande apóstolo de Fátima” mas, por outro, “também mostra o reconhecimento da igreja pela forma exemplar como viveu e conduziu a sua vida” disse o responsável pelo Santuário de Fátima.

Este reconhecimento “sinaliza, uma vez mais, Fátima como uma escola de santidade”.

O reitor do Santuário endereça ainda os parabéns à congregação das Irmãs Reparadoras de Nossa Senhora de Fátima, fundada pelo sacerdote que foi figura incontornável na investigação às Aparições na Cova da Iria.

Francisco aprovou a publicação do decreto que reconhece as “virtudes heróicas” do cónego Formião, após uma audiência concedida ao prefeito da Congregação para as Causas dos Santos (Santa Sé), cardeal Angelo Amato.

Este é um passo central no processo que leva à proclamação de um fiel católico como beato, penúltima etapa para a declaração da santidade; para a beatificação, exige-se o reconhecimento de um milagre atribuído à intercessão do agora venerável Manuel Formigão.

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter