União das Misericórdias Portuguesas angaria 490 mil euros

| 2017-07-07

Onda de solidariedade continua para com Pedrógão Grande

Incêndio Pedrógão Grande

A Conta solidária da União das Misericórdias Portuguesas já angariou mais de 490 mil euros, para apoiar as vitimas dos incêndios de Pedrógão Grande ocorrido a 17 de junho e que se estendeu aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pêra e Góis. A informação foi divulgada pela própria União das Misericórdias Portuguesas (UMP)

A conta solidária alojada na Caixa Geral de Depósitos também vai beneficiar do valor de mais de um milhão de euros que foi angariado no concerto “Junto por Todos” realizado no MEO Arena, em Lisboa.

Os portugueses têm respondido positivamente aos apelos de solidariedade e a UMP agradece “a mobilização de todos”.

A União também está a trabalhar  em articulação com os serviços da Segurança Social, a Autoridade Nacional de Proteção Civil e as Câmaras Municipais e Misericórdias de Pedrógão Grande, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Góis, Pampilhosa da Serra, Sertã e Penela com o objetivo de que a ajuda chegue o mais rapidamente possível às famílias.

Até porque é preciso avançar rapidamente com a recuperação das casas afetadas. 

Por sua vez, a Cáritas Portuguesa já conseguiu angariar 756 mil euros na conta solidária criada para apoiar as vitimas destes incêndios. Até ao momento, a Cáritas Portuguesa contou com a colaboração de 10 entidades que já doaram 41 mil produtos, desde produtos de higiene, alimentação, ração para animais e roupa. E ainda 1700 medicamentos, já doados aos centros de saúde, e foram apoiadas 100 famílias.

No dia 14 de julho, a Cáritas vai realizar um encontro com o tema ‘Cuidar da casa comum – prevenir e evitar os incêndios - Todos, com todos, para todos’, na Anadia, entre as 09h30 e as 13h30.

O programa conta com a entrega de uma casa em Anadia, alfaias agrícolas a uma família de Águeda, afetadas pelos fogos de 2016, a visita a uma fábrica onde recuperaram 22 postos de trabalho através da Cárita Portuguesa com a solidariedade nacional.  

Por sua vez, a Cáritas Portuguesa já conseguiu angariar 756 mil euros na conta solidária criada para apoiar as vitimas destes incêndios. Até ao momento, a Cáritas Portuguesa contou com a colaboração de 10 entidades que já doaram 41 mil produtos, desde produtos de higiene, alimentação, ração para animais e roupa. E ainda 1700 medicamentos, já doados aos centros de saúde, e foram apoiadas 100 famílias.

No dia 14 de julho, a Cáritas vai realizar um encontro com o tema ‘Cuidar da casa comum – prevenir e evitar os incêndios - Todos, com todos, para todos’, na Anadia, entre as 09h30 e as 13h30.

O programa conta com a entrega de uma casa em Anadia, alfaias agrícolas a uma família de Águeda, afetadas pelos fogos de 2016, a visita a uma fábrica onde recuperaram 22 postos de trabalho através da Cárita Portuguesa com a solidariedade nacional.  

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter