Câmara quer instalar creche na antiga Ivima

| 2017-06-23

A autarquia já autorizou o concurso público

Câmara Municipal Marinha Grande

A Câmara Municipal da Marinha Grande vai avançar com o concurso público para a instalação de uma creche, nas antigas instalações da Ivima.

O preço base do concurso é de 426.593,38 euros e visa a construção de uma creche com capacidade para 84 crianças, na metade sul do edifício, onde ficarão as áreas de apoio administrativo e instalações sanitárias para o púbico e outra para pessoas com mobilidade reduzida.

Prevê-se a criação, sob o lanço de escadas, de um armário destinado a arrumo dos carrinhos de bebé e demais equipamento de transporte das crianças. Neste torreão situar-se-á igualmente um gabinete para prestação de apoio médico e para quarentena para crianças doentes.

No piso superior ficarão as três salas destinadas a gabinete de reuniões, de direção e gabinete técnico, existindo aí duas pequenas instalações sanitárias de apoio. Pelo torreão Sul acede-se às restantes áreas da creche, designadamente aos berçários, às salas de atividades, convívio e refeições, assim como às áreas destinadas ao pessoal e às de serviços.

Os espaços de permanência das crianças foram dispostos de modo a estabelecer uma hierarquia, ao longo do acesso comum, no sentido Sul-Norte, desde a área de entrada na creche.

Os berçários são constituídos por uma sala de berços para repouso das crianças, uma sala-parque para os tempos ativos das crianças e uma zona de higienização das crianças dispondo de bancada para muda de fralda, banheira com águas correntes, armários para vestiário das crianças, recipiente hermético para fraldas sujas e espaço para arrumação de produtos de higiene, fora do alcance dos bebés. No total os berçários permitem receber dez bebés.

As salas de atividades, agrupadas duas a duas, tanto para crianças desde aquisição de marcha até aos 24 meses como para crianças dos 24 meses até aos 36 meses. A capacidade das primeiras será de 14 crianças cada, para um total de 28 crianças desde aquisição de marcha até aos 24 meses e a das segundas de 18 crianças cada, para um total de 36 crianças entre os 24 e os 36 meses. Cada uma destas salas terá um armário próprio para arrumo dos catres.

Prevê-se igualmente a criação, já no torreão central, a par do vestiário, de uma lavandaria completa de apoio à creche, a qual disporá de depósitos para receção de roupa suja, máquinas de lavar e de secar roupa, depósitos, armários e prateleiras para guardar a roupa lavada e bancadas para passar a ferro.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter