Cáritas Coimbra avança com construção de 13 casas

| 2017-09-19

A reconstrução avançará no início do último trimestre deste ano

Incêndios

A Cáritas de Coimbra convidou 30 empresas para que apresentassem propostas de reconstrução total para 13 habitações cujos projetos já tinham sido analisados e aprovados pelos proprietários e usufrutuários, adianta a instituição no seu 13º report, na sua página online.

As propostas devem ser apresentadas até dia 20 e até lá “todas as empresas interessadas visitem os locais para a devida avaliação de suporte à execução das propostas”.

Enquanto isso, no mesmo relatório, a instituição informa que conseguiu “preparar os processos para apresentar nas câmaras municipais afim de solicitar autorização para a execução das obras, pretendendo fazê-lo enquanto decorrer o concurso, para minorar todos os prazos”.

Das 16 intervenções consignadas, de cariz parcial, cujo valor ascende a “98.854,87€ (IVA não incluído), 3 estão concluídas, 7 com previsão de finalização esta semana e as restantes estão em fase de execução” refere ainda o mesmo documento.

Esta semana a Cáritas Coimbra pretende “rececionar as propostas para a execução da reconstrução total das 13 habitações” para que possa proceder “à avaliação dos orçamentos e posterior adjudicação”, pois pretende iniciar a reconstrução, na primeira semana, do último trimestre deste ano.

Durante a 13ª semana de Ação a Cáritas também pretende apresentar os restantes projetos de arquitetura para reconstrução total aos proprietários e usufrutuários das habitações danificadas pelos incêndios, de 17 a 24 de junho, para que se possa avançar igualmente com o concurso da sua execução.

No mesmo documento a Cáritas informa que continuam a chegar pedidos de pessoas e entidades decorrentes das fragilidades desta catástrofe e por isso a instituição está “a avaliá-los e a encaminhá-los, uma vez que são processos que perduraram no tempo e carecem de resolução, de forma a que todas as pessoas possam ter a resposta possível para a sua situação”.

 

Desde o início desta tragédia os produtos angariados atinge os “55.748 bens, dos quais 14.220 foram entregues às famílias e pessoas vítimas dos incêndios. De realçar que parte destes donativos respeitam a mobiliário e eletrodomésticos que serão afetos às habitações a reconstruir”. Em termos de numerário os “donativos em numerário somam 1.790.207,25€.”, consta no mesmo report.

Três meses volvidos do início dos incêndios, a Cáritas de Coimbra “agradece a confiança em si depositada e continua a trabalhar afincadamente para que, dentro dos timings de cada processo, possa minorar o impacto nas populações decorrente do tempo necessário à reconstrução”.

Na página da Cáritas de Coimbra também pode consultar o Mapa de Donativos em numerário atualizado até ás 15h00 do dia 15 de setembro e o mapa de donativos em espécie atualizado aos primeiros minutos do dia 18 de setembro. É ainda possível conhecer os compromissos já assumidos pela Cáritas, em termos das habitações. 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter