Cáritas de Coimbra já consignou 33 processos para habitação

| 2017-10-31

Os produtos angariados nesta ação somam 56.441 bens

A Cáritas de Coimbra no 19º report divulgado na sua página na Internet informa que no âmbito dos incêndios de junho já foram “consignados, até ao momento, em termos de reconstruções, parcial ou total, 33 processos que se traduz num investimento previsível para esta fase de1.143.945,73€”.

Ainda no âmbito do “Compromisso Cáritas” relativo aos incêndios de outubro foi implementada a Plataforma “De Mãos dadas” que visa agilizar a interligação entre as necessidades e ocasiões de voluntariado e a sua disponibilidade, quer a nível individual, quer de grupo.

A Cáritas salienta que “No mesmo espaço online queremos integrar as necessidades de pessoas e empresas afetadas pelos incêndios, a disponibilidade de voluntários para assegurar os pedidos de ajuda recebidos, gerindo depois o processo de oferta/procura em articulação com as entidades oficiais”.

No âmbito das suas possibilidades, e sempre em articulação com as autarquias ou entidades por elas referenciadas, a Cáritas de Coimbra, reafirma a sua disponibilidade no apoio a cuidados diretos (habitação, vestuário, mobilidade e acessibilidade direta das pessoas) e cuidados indiretos (alimentação dos animais, alfaias agrícolas e infraestruturas de apoio agrícola), de forma a garantir as necessidades básicas das pessoas afetadas e concomitantemente a sua subsistência.

Os produtos angariados nesta ação somam 56.441 bens e os produtos entregues às famílias e pessoas vítimas dos incêndios totalizam 22.716 unidades. Os donativos em numerário assinalam 1.865.899,65€.

Esta terça feira, terá lugar no Convento de São Francisco o concerto “É Preciso Acreditar!” cujas receitas serão entregues à Cáritas de Coimbra para encaminhar para o apoio às vítimas dos incêndios.

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter