Cáritas Portalegre-Castelo Branco reconstrução de 8 casas

| 2017-08-10

Nesta primeira fase, a ajuda deverá situar-se nos 250 mil euros

Incêndios

A Cáritas Diocesana de Portalegre-Castelo Branco vai assumir a reconstrução de oito habitações no concelho de Mação, que foi fustigado pelos incêndios.
Em comunicado, enviado à Agência Ecclesia, o presidente da Cáritas refere que “A cooperação com a Câmara Municipal de Mação revelou-se bastante frutífera, pois desta parceria foi possível, em tão curto espaço de tempo, devolver a oito famílias a Esperança e a certeza de verem as suas casas recuperadas”.
No concelho de Mação “arderam 14 casas de 1ª habitação, várias arrecadações para animais, anexos de casas e algumas casas de 2ª habitação” adianta a Cáritas diocesana.
Na recuperação, destas casas, a instituição utilizará algumas das verbas recolhidas, a nível nacional, no peditório decidido pela Conferência Episcopal Portuguesa e das campanhas promovidas pela Cáritas. Nesta primeira fase, a ajuda deverá situar-se nos 250 mil euros.
O presidente da Cáritas de Portalegre-Castelo Branco considera que “Ao garantirmos a reconstrução das habitações ardidas e o acompanhamento da Cáritas e da paróquia às famílias, sentimos o renovar da esperança e o sofrimento atenuar-se”.
Devido a estes incêndios, o Bispo da Diocese de Portalegre-Castelo Branco, D. Antonino Dias, publicou uma nota que diz que os incêndios “denunciam erros” e “desafiam a solidariedade” em favor das populações atingidas pelos fogos.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter