Cáritas Portuguesa avança com 150 mil euros de ajuda

| 2017-10-17

Uma tragédia nacional

Face, a mais uma tragédia provocada pelos incêndios, a Cáritas Portuguesa avança com 150 mil euros para ajuda de emergência às populações afetadas pelos incêndios.

Em comunicado a Cáritas adianta que esta verba é “disponibilizada dos seus próprios meios financeiros” e que fica desde já “à disposição das Cáritas Diocesanas para as necessidades mais urgentes das pessoas e famílias afetadas”.

No mesmo documento, o presidente da Cáritas Portuguesa, Eugénio Fonseca fala de “flagelo nacional” e mostra-se solidário com todas as vítimas dos “terríveis incêndios e de forma particular com os familiares que perderam entes queridos nesta tragédia”. E ainda avança com uma palavra de solidariedade “para com os bombeiros e todos os outros operacionais no terreno”.

Eugénio Fonseca deixa o desejo profundo que “cesse este flagelo nacional que deixou um terrível rastro de destruição e morte” no país.

O presidente da instituição católica vai mais longe e apela à união no encontro de caminhos mais seguros em termos de prevenção.

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter