Fátima: Proteção e Socorro ao detalhe

| 2017-05-09

Tudo a postos para 12 e 13 de maio

A Autoridade Nacional de Proteção Civil garante que o dispositivo para a visita do Papa que estará, a partir desta quarta feira, 10 de maio, no terreno é adequado e que tudo foi pensado ao pormenor, estando equacionados todos os cenários possíveis.

O dispositivo de proteção e socorro conta com 980 operacionais, sendo que estarão no terreno 668 e os restantes 312 estão de prevenção. O dispositivo estará ativo a partir das 10h00 e conta com três níveis diferentes de envolvimento de meios.

O primeiro nível será acionado, esta quarta feira, a partir das 14h00 e conta com 350 operacionais.

No nível dois, que funcionará entre as 8h00 do dia 12 e as 7h59 do dia 14, os meios são reforçados com 668 operacionais dos corpos de bombeiros, Cruz Vermelha Portuguesa, INEM, Exército, Força Aérea e também elementos do Corpo Nacional de Escutas.

Em Fátima ficam instalados postos avançados da Cruz Vermelha Portuguesa e postos de assistência de bombeiros. Só no Recinto do santuário ficam disponíveis 20 postos de assistência dos bombeiros com duas ambulâncias e quatro tripulantes que garantem uma maior proximidade aos peregrinos.

Além do hospital de campanha do INEM estarão, no terreno, quatro helicópteros para transportar doentes em caso de necessidade para os estabelecimentos de saúde de referência.

Caso se esgotem os meios atribuídos, ao nível dois, será ativado um hospital do Exército com 95 militares, um helicóptero da Força Aérea e ainda 216 operacionais que estão prontos a intervir.

No âmbito desta operação, a ANPC vai criar condições de segurança nos parques de estacionamento, onde vão existir carros de bombeiros para intervirem em caso de incêndios urbanos ou em viaturas, existindo também ambulâncias para prestar “o apoio necessário ao peregrino nesse local”.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter