Fogos já consumiram 141 mil hectares

| 2017-08-17

Os 10.416 incêndios até agora destruíram 141 mil hectares de floresta, mais 26 mil hectares face 2016

foto - jornal público

Este ano foram consumidos 141 mil hectares, segundo dados provisórios do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, que não englobam as últimas ocorrências. É um número muito superior à média dos últimos 10 anos, que é de: 44.960. Em relação à última década, registou-se “um aumento no número de ocorrências” de fogos, passando de 10.100, em 2007, para 10.416, este ano e até agora. O que se traduz numa área ardida maior, segundo o comandante nacional da Autoridade Nacional da Proteção Civil, Rui Esteves. Também o índice de severidade da meteorologia em 2017 tem valores que foram superiores em 2005. Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, este ano “é o terceiro mais severo dos últimos 15 anos”, com a seca que se verifica a contribuir para o cenário dos incêndios. Com um índice de secura dos combustíveis muito baixo, contribui para a ocorrência dos fogos dos últimos meses. Sempre que regressa o tempo quente agrava-se a classe de risco de incêndio florestal. São combinações perfeitas e naturais, infelizmente, para potenciar grandes fogos. No entanto as autoridades investigam a possibilidade de algumas ocorrências ter origem criminosa. Apela-se por isso a todos, para um comportamento consciente e responsável em defesa da nossa floresta.

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter