Impostos

| 2017-07-04

Pagar ao fisco com cartão pode ficar mais caro

Pagar os impostos com cartão de crédito pode ficar mais caro do que pagar diretamente ao Fisco. O pagamento de dívidas fiscais com cartão de crédito pode não compensar na maioria das situações, uma vez que os juros dos cartões são superiores aos juros de mora cobrados pelo Fisco, segundo simulações feitas para a Lusa. No último trimestre do ano, o Governo pretende permitir o pagamento de impostos com cartões de crédito. Esta medida do Simplex+2017 faz com que na prática, o Fisco continue a receber o dinheiro dos impostos imediatamente, mas o contribuinte possa pagar o valor ao banco ao longo de um período de tempo mais alargado ao utilizar o cartão de crédito. Na maior parte dos casos pode não compensar optar pelo pagamento com cartão de crédito, sendo mais vantajoso optar por pagar os respetivos juros de mora ao Estado. Isto porque segundo o fundador da plataforma 'online', comparaja.pt, Sérgio Pereira, "as taxas que são aplicadas nos cartões de crédito são bastante elevadas" e, na maioria dos casos, "mais elevadas do que os juros de mora que o Fisco cobra" no caso de atraso no pagamento de impostos. Os custos com cartão de crédito surgem caso o consumidor não pague a despesa feita dentro do prazo sem juros, normalmente entre 20 e 50 dias, sendo que a comparaja.pt decidiu fixar os 30 dias.

Lusa/ MM

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter