Município da Batalha associa-se ao Ano Europeu do Património Cultural

| 2018-04-13

As ações previstas irão envolver todas as instituições da UE

Por proposta da Comissão Europeia, o Parlamento Europeu adotou 2018 como o Ano Europeu do Património Cultural. Esta efeméride tem enquadramento através dos grandes objetivos da promoção da diversidade cultural, do diálogo intercultural e da coesão social, pretendendo-se apelar com esta celebração para o papel do Património no desenvolvimento social e económico de todo o espaço Europeu.

Para o Presidente da Câmara Municipal da Batalha, Paulo Batista Santos, “assinalar o Ano Europeu do Património Cultural reveste-se como um verdadeiro desígnio que deve convocar as instituições e os Europeus para os grandes objetivos da promoção e defesa do Património enquanto legado dos povos que importa preservar”.

“Para o Município da Batalha é um enorme orgulho integrar esta iniciativa no contexto da intervenção ambiental de proteção do Mosteiro da Batalha que estamos a finalizar, projeto financiado pela União Europeia (UE), bem assim através da realização de várias iniciativas, com destaque para um evento cultural à escala europeia a ter lugar no próximo mês de julho”, acrescenta ao autarca.

As ações previstas irão envolver todas as instituições da UE, designadamente a Comissão Europeia, o Parlamento Europeu e o Conselho da União Europeia, bem assim os diversos agentes nacionais com intervenção no património cultural, porquanto o sucesso e concretização dos objetivos associados às comemorações do Ano Europeu do Património serão tanto mais efetivos quanto maior o número de parceiros aderentes e de iniciativas realizadas.

Atendendo à relevância que o Património enquanto marca cultural distintiva do espaço Europeu representa e reconhecendo a Cultura como signo transversal de toda a sociedade, o Município da Batalha decidiu ainda associar-se ao Ano Europeu do Património Cultural, através da instalação de um lettering alusivo a esta efeméride junto ao Mosteiro de Santa Maria da Vitória, um dos monumentos mais visitados do nosso país, classificado como Património da Humanidade pela UNESCO.

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter