Nobel da Paz para Campanha de abolição das Armas Nucleares

| 2017-10-06

Terminar com as armas nucleares

O prémio Nobel da Paz 2017 foi entregue à Campanha Internacional para a Abolição das Armas Nucleares (ICAN, sigla em inglês), anunciou, hoje, o Comité Nobel Norueguês.

Os responsáveis sublinham a ação desta coligação internacional para alertar contra as consequências humanas “catastróficas” do uso destes armamentos, num mundo em que o risco de uma guerra nuclear é “real”, dando como exemplo a questão da Coreia do Norte.

O tratado para proibir armas nucleares em nível global foi adotado a 7 de julho pela Organização das Nações Unidas, apesar da oposição de várias potências nucleares.

O Vaticano assinou e, setembro este Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares, considerando necessário pôr de parte um discurso de “ameaças nucleares, medo, superioridade militar, ideologia e unilateralismo”.

Numa altura em que sobe a tensão entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, a santa Sé diz estar atenta à situação e que acompanha com preocupação as 2trocas de ameaças entre os dois países”.

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter