Papa envia mensagem a bispo do Funchal

| 2017-10-19

Papa apela a uma Igreja unida

Sé Funchal

A Sé do Funchal está a celebrar os seus 500 anos de existência e o Papa Francisco, não quis ficar alheio, a este momento festivo e enviou uma mensagem ao Bispo do Funchal, D. António Carrilho, onde pedia missionários “convictos” de Jesus Cristo e que não tenham “medo das turbulências do mundo”.

Francisco também deixa uma sudação afetuosa para toda a comunidade do Funchal e recorda os “obreiros da evangelização e animação pastoral que, ao longo destes 500 anos, se empenharam por levar a Catedral à sua máxima expressão de palácio de Cristo-Rei, aula de Cristo-Mestre, templo de Cristo-Sacerdote”.

Nesta mensagem, assinada pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, o Papa, apresenta a Sé do Funchal como símbolo do desígnio de uma Igreja Católica “sem fronteiras, onde todos possam ter um lugar válido e honrado”.

“Uma Igreja una e unida na qual, se algo tem de ser sacrificado, pois que sejam os particularismos, as rivalidades, as discórdias, os resíduos de egoísmo — e são ainda tantos, mesmo no Reino da caridade que é a Igreja de Jesus”, acrescenta o Papa.

D. António Carrilho presidiu à celebração, de quarta-feira, e na Homilia evocou os sacrifícios das primeiras comunidades cristãs na Madeira para a construção da Sé, “casa de Deus e do seu povo”, apelando à “unidade” e “comunhão”.

O Bispo ainda deixou votos de que todos procurem levar por diante a missão que é realizada há 500 anos, com um olhar “preferencial” para os mais indefesos e atenção pela natureza, numa “Igreja jovem pelos jovens”.

As comemorações deste aniversário foram acompanhadas pelo núncio apostólico em Portugal, D. Rino Passigato, que visitou o Santuário de Nossa Senhora do Monte onde, junto à imagem da Padroeira da cidade e Diocese do Funchal, rezou pelas vítimas do acidente no Largo da Fonte no passado dia 15 de agosto e pelas vítimas dos incêndios que nos últimos dias atingiram o território português.

O representante diplomático da Santa Sé presidiu, na terça-feira, à inauguração da Exposição ‘500 Anos da Dedicação da Sé do Funchal. Fé, Arte e Património. Um Olhar Sobre a Obra do Padre Pita Ferreira’ no Museu de Arte Sacra da capital madeirense.

(Com Agência Ecclesia)

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter