Redução do IMI para habitação própria e permanente

| 2018-01-10

Dedução varia com o número de dependentes no agregado familiar

A Assembleia Municipal da Marinha Grande aprovou por maioria, na reunião do dia 29 de dezembro, reduzir a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) para prédios ou parte de prédios urbanos destinados a habitação própria e permanente atendendo ao número de pessoas que compõem o agregado familiar.

Na sequência da proposta apresentada pela Câmara Municipal, a Assembleia Municipal fixou a redução da taxa de IMI, para prédios ou parte de prédios urbanos destinados a habitação própria e permanente do sujeito passivo ou do seu agregado familiar, e que seja afeto a tal fim, atendendo ao número de dependentes que compõem o respetivo agregado familiar, respeitante ao ano de 2017, a liquidar no ano de 2018.

Assim sendo, foram aprovadas as seguintes alterações: quando o número de dependentes do agregado Familiar é de 1 o desconto em euros será de 20 euros; com dois dependentes será descontado 40 euros com três ou mais será 70 euros. 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter