Saiba como ajudar os bombeiros

| 2017-06-18

Conta solidária: “Unidos por Pedrógão”, com o IBAN PT50 0035 0001 00100000 330 42.

Incêndio Pedrógão Grande

Os portugueses estão solidários com os bombeiros que combatem o incêndio em Pedrógão Grande que já se estendeu até aos concelhos de Castanheira de Pera e Figueiró dos Vinhos, no distrito de Leiria e querem ajuda-los assim como, às vitimas das chamas.

Em declarações ao jornal Público, Jaime Marta Soares disse que há água e leite suficientes, mas que “falta fruta que não seja preciso descascar, como laranjas e bananas” e “barras energéticas”.

Quem estiver naquela zona pode deixar os mantimentos na zona industrial de Pedrógão Grande onde "há aí uma equipa de recepção que fará depois a distribuição pelas diferentes frentes".

Os Bombeiros Voluntários de Paço de Arcos agradecem mantimentos. São necessários: Águas engarrafadas; Barritas energéticas ou bebidas desportivas, como por exemplo, gatorade ou powerade; Cereais; Leite; Sumos; Bolachas; Enlatados (ou produtos com validade longa). Os Bombeiros Voluntários de Leiria partilham das mesmas necessidades.

A Caritas portuguesa anunciou hoje que tem já disponível uma verba de 200 mil euros para apoiar as vítimas destes incêndios.

A Caixa Geral de Depósitos abriu uma conta solidária e doa 50 mil euros às vitimas destes incêndios, no distrito de Leiria.

A conta designa-se “Unidos por Pedrógão”, informou fonte oficial, e os donativos podem ser feitos usando o IBAN PT50 0035 0001 00100000 330 42.

O banco público anunciou ainda que vai criar “condições diferenciadas para os seus clientes atingidos pela calamidade”.

A conta do Gabinete da Ministra da Administração Interna no Twitter informa que "Quem procura informação sobre pessoas na zona do incêndio, deve contactar a Santa Casa da Misericórdia de Pedrogão Grande".

Já a conta da oficial do Gabinete do Ministro da Saúde, informa que  a "prestação de cuidados à população afetada pelos incêndios reforçada com abertura de centros de saúde em Castelo Branco, Coimbra e Leiria".

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter