“Falar a Verdade a Mentir” no Centro Cultural do Entroncamento

| 2018-03-08

Uma peça apresentada pelo Teatro da Meia Via

O Centro Cultural do Entroncamento recebe no próximo dia 23 de março, pelas 21h30, a peça “Falar a verdade a mentir”, apresentada pelo Teatro da Meia Via, com encenação de Hugo Gama, numa organização do Município do Entroncamento.

Esta peça, escrita em 1856 por Almeida Garrett, um dos grandes impulsionadores do teatro em Portugal, fala sobre a ética burguesa da sociedade portuguesa após as revoluções liberais, em contraste com as aparências da vida decrépita do antigo regime feudal.

“Falar a verdade a Mentir” fala-nos também sobre o que é o teatro a partir da realidade que é a vida: um carnaval eterno em que todos usamos máscaras, uma feira de vaidades onde queremos ser o centro das atenções, enfim, uma luta constante pela riqueza e o poder, em que a ostentação e a hipocrisia se fazem norma.

O teatro é, na verdade, a arte da mentira. E o ator é um fingidor, um falso pretendente que se disfarça e transfigura num outro. Mente descaradamente, mas de forma tão convincente que chega a acreditar que é verdade a mentira que conta.

Numa peça de teatro, todas as personagens são, elas próprias, atrizes e atores audazes, pois inventam mentiras e figuras.

Espera-se um espetáculo de grande qualidade artística em que os atores do Teatro da Meia Via vão contar aos espetadores verdades que são mentiras, ou melhor dizendo, mentiras que podem ser verdades.

Este espetáculo é destinado ao público em geral e é de entrada livre.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter