Encontros na Basílica II vão refletir sobre o acolhimento enquanto carisma e tarefa da Igreja

| 2019-03-06

Iniciativa está agendada para domingo, dia 10 de março, pelas 15h30

Ricardo Leitão Pedro

 

A segunda sessão dos Encontros na Basílica de 2019 realiza-se no próximo domingo, dia 10 de março, pelas 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, e vai refletir sobre o tema: “O acolhimento: carisma e tarefa da Igreja”. Esta segunda palestra estará a cargo do vice-reitor do Santuário de Fátima, o Pe. Vitor Coutinho, e contará ainda com um recital por Ricardo Leitão Pedro (voz e alaúde), David Hackston (voz) e Sérgio Ramos (voz).

O Pe. Vitor Coutinho é vice-reitor do Santuário de Fátima desde 13 de novembro de 2014.

Vítor Coutinho é presbítero da diocese de Leiria-Fátima desde 1991. Depois de completar os estudos filosófico-teológicos no Seminário de Leiria frequentou a Universidade de Münster (Alemanha) onde fez doutoramento em Ética Teológica, com especialização em Bioética. Tem lecionado cursos nas áreas da Bioética, da Ética Teológica e da Ética Médica, em diversas instituições de ensino superior.

Trabalhou na formação de seminaristas, foi pároco em comunidades de portugueses no estrangeiro e tem colaborado na assistência pastoral em diversas paróquias. É professor da Faculdade de Teologia da Universidade Católica, em Lisboa.

Colabora com o Santuário de Fátima desde 2008, como presidente e membro de comissões científicas de congressos e como coordenador da Comissão Organizadora do Centenário das Aparições de Fátima.

O momento musical que se segue à palestra será interpretado por Ricardo Leitão Pedro (voz e alaúde), David Hackston (voz) e Sérgio Ramos (voz).

Ricardo Leitão Pedro, tenor e alaudista português, nasceu no Porto em 1990. Enquanto levava a cabo uma licenciatura em alaúde na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (Porto), recebeu uma bolsa Erasmus para estudar na classe de Eugène Ferré, no Conservatoire National Supérieur de Musique et de Danse de Lyon. Colabora com vários ensembles em Portugal, Suíça e França, tanto como alaudista como cantor. Terminou uma licenciatura em alaúde com Crawford Young e Marc Lewon e um mestrado em canto com Dominique Vellard na prestigiada Schola Cantorum Basiliensis em Basel, na Suíça.

David Hackston, contratenor britânico-finlandês, começou os estudos musicais em Bradford-on-Avon, Inglaterra. Atualmente, vive e estuda no Porto, onde continua os estudos no Mestrado do Curso de Música Antiga na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, sob a tutoria da Prof.ª Magna Ferreira. Regularmente aparece como solista de oratória. David é um membro central do profissional Helsinki Chamber Choir, e em 2010 fundou o English Vocal Consort of Helsinki, um ensemble que trabalha a rica tradição vocal do renascimento e romantismo inglês. Em 2016 fundou o coletivo Orpheusʼ Muses, que se especializa na ópera barroca.

Sérgio Filipe Dolores Ramos, barítono, é licenciado em Música variante Canto pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), sob a orientação de Rui Taveira. Obteve a Pós-graduação em Estudos Musico-Teatrais e, atualmente, frequenta o Mestrado em Canto via Ensino na mesma instituição. É colaborador do Ópera Estudio da ESMAE e elemento do “Bando do Surunyo” (grupo especializado em musica renascentista, dirigido por Hugo Sanches).

O programa do presente recital contempla uma seleção de peças sacras ilustrativas da linguagem fluída e transparente de Binchois, numa tentativa de espelhar o trabalho quotidiano dos cantores da capela de Borgonha ao serviço da celebração religiosa.

Para o presente ano pastoral, estão ainda previstas mais três palestras: a 2 de junho, o tema “O Santuário como lugar de celebração e vivência da fé” será abordado pelo reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas; “Francisco Marto, peregrinação interior” será a reflexão trazida pelo teólogo Pedro Valinho Gomes, a 8 de setembro; e, na última palestra, a 10 de novembro, o padre José Nuno Silva, responsável pela pastoral da mensagem de Fátima, vai apresentar o tema “Fátima lugar da fragilidade - doença e pecado”.

Os Encontros na Basílica são uma proposta de reflexão sobre Fátima, em formato de palestra com um recital de música, que o Santuário dinamiza durante o triénio 2017-2020, que tem como tema genérico “Tempo de graça e misericórdia”.

Todas as sessões dos Encontros na Basílica acontecem ao domingo, às 15h30, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e são de entrada livre.

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter