Água do Ribeiro de São Pedro está contaminada

| 2018-08-07

Utilize praias balneares


Na sequência da comunicação da Unidade de Saúde Pública (USP) à Câmara Municipal da Marinha Grande, alerta-se a população de que as águas do Rio Lis, junto à foz, e do Ribeiro de São Pedro são impróprias para banhos.

Embora os locais em referência não estejam considerados como zona balnear identificada, de acordo com a Portaria n.º 118-A/2018, de 2 de maio, constata-se que estas águas são frequentadas por muitos banhistas e veraneantes, pelo que se justifica uma atenção especial, no que respeita às condições de segurança, salubridade e qualidade da água.

A Câmara Municipal está a acompanhar esta situação e irá promover a monitorização sistemática da qualidade das águas do rio Lis e do ribeiro de São Pedro, nomeadamente, através da realização de análises periódicas por forma a precaver qualquer situação que possa colocar em causa a Saúde Pública.

A Câmara Municipal está empenhada em cooperar com todas as Autoridades com competência própria para atuar sobre o domínio público hídrico e marítimo, dentro do que são as suas competências e responsabilidades próprias, nunca se recusando a agir sempre que lhe é solicitado, e por várias vezes, substituindo-se até a essas mesmas Autoridades, com competência própria, pelo que rejeita qualquer acusação  que possa indiciar o contrário.

A Câmara Municipal da Marinha Grande aconselha a população e turistas a utilizar as praias balneares da Vieira, Pedras Negras, Praia Velha e São Pedro de Moel, por conferirem vigilância, acessibilidades e controlo da qualidade da água.
 
A identificação, gestão, monitorização e classificação da qualidade das águas balneares é da responsabilidade da Agência Portuguesa do Ambiente que, anualmente, publica em portaria as praias consideradas balneares.

Para a sua classificação, é necessário que assegurem assistência a banhistas, acessibilidades, infraestruturas e controlo da qualidade da água.

De entre as praias balneares do concelho, a Praia da Vieira e São Pedro de Moel foram distinguidas como praias acessíveis pela respetiva Administração da Região Hidrográfica, por estarem dotadas das condições necessárias para que os cidadãos com mobilidade condicionada possam aceder aos areais e, sempre que possível, também à água.

São Pedro de Moel, Pedras Negras e Praia Velha foram, mais uma vez, classificadas como “Praia com Qualidade de Ouro", pela Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza, que anualmente distingue as praias costeiras e fluviais com melhor qualidade da água.

Já as praias Vieira Norte (a norte da foz do rio Lis), Samouco, Concha, Valeiras e Água de Madeiros (na área situada no concelho da Marinha Grande) são desaconselhadas para utilização, por não serem consideradas como águas balneares, pela Agência Portuguesa do Ambiente.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter