Balanço positivo dos VII Workshops Internacionais de Turismo Religioso

| 2019-03-13

Entre os dias 7 e 9 de março de 2019 decorreram os VII Workshops Internacionais de Turismo Religioso, em que foram abordadas temáticas como: Destinos de Peregrinação e Turismo Religioso: fatores de (re)valorização e Rotas Culturais da Europa - oportunidades e desafios para a competitividade e inovação dos destinos. Durante os três dias da bolsa de contactos realizaram-se mais de 5.000 reuniões one-to-one, estando presentes aproximadamente 1.000 participantes entre os quais 156 Hosted buyers, 156 Suppliers e 56 Expositores, todos especialistas em turismo religioso e peregrinações, neste que é o maior encontro mundial de profissionais deste segmento turístico.

Alexandre Marto, vice-presidente da ACISO, entidade responsável pela organização dos Workshops Internacionais de Turismo Religioso afirma, acerca desta edição: "Este é o maior evento mundial de encontros one-to-one no âmbito do turismo religioso, e é, em si, um elogio à capacidade de construir parcerias entre portugueses. Aliaram-se empresários locais, a TAP e outras companhias aéreas, as ARPT’s do Centro, do Alentejo, do Porto e Norte, municípios de Ourém, da Guarda, das CIM’s do Médio Tejo e das Beiras e Serra da Estrela, numa estratégia guiada pelo Turismo de Portugal. Julgo ser evidente que este é um evento que contamina positivamente todo o país e que sublinha, por isso, o Turismo Religioso como um trunfo para o turismo nacional. E não poderia terminar melhor do que entregando sobre a responsabilidade e organização da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) cerca de 100 Hosted Buyers que terão agora a oportunidade de conhecer a restante oferta nacional. Temos consciência que criámos um dos maiores eventos estritamente para profissionais do país, e que carregamos a responsabilidade de manter o sucesso do mesmo agradecendo com humildade a todos os parceiros.”.

Os WITR terminam, oficialmente, esta semana, com a presença de Hosted Buyers na BTL e realização de pós-tours promovidas pelas ARPT’s do Centro, do Porto e Norte e do Alentejo.

 

 

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter