Secretário-Geral da Liga Portuguesa de Proteção Civil apela ao respeito pelos direitos humanos na Venezuela

| 2019-01-25

O Secretário-Geral da Liga Portuguesa de Proteção Civil, João António Correia Martins apela, em comunicado, ao respeito pelos direitos humanos na Venezuela.

O responsável diz que tem acompanhado com “atenção e preocupação os confrontos na Venezuela” e adianta que a Liga Portuguesa de Proteção Civil declara-se “totalmente neutra em relação aos intuitos de qualquer uma das partes”.

Porém, sendo do seu conhecimento que os conflitos de quinta feira “provocaram mortos”, a Liga considera que é “fundamental que seja encontrada uma solução pacífica para a situação criada”.

O Secretário-Geral da Liga Portuguesa de Proteção Civil ainda apela “ao diálogo” entre as partes envolvidas, mas para que isso seja possível é necessário que “terminem os confrontos”.

Neste contexto, e tendo por base o seu carácter humanitário a Liga apela às partes envolvidas no conflito, que no “âmbito da ação humanitária, protejam a vida e a saúde e garantam o respeito pelos direitos humanos”.

É ainda pedido que “não descurem a resposta aos feridos dando prioridade a todos os que, em resultado destes confrontos, estejam feridos e a necessitar de assistência permitindo e facilitando o acesso das equipas de socorro aos feridos”.

A Liga Portuguesa de Proteção Civil deseja que os “confrontos terminem o mais rapidamente possível e que as partes possam, em ambiente de tranquilidade, dialogar de modo a encontrar uma solução pacífica em respeito pela independência e soberania do estado Venezuelano”.

Partilhe esta notícia

Subscreva a nossa newsletter